Um novo estudo realizado em parceria pela marca de brinquedos Fisher-Price e a professora da Universidade britânica Middlesex e especialista em desenvolvimento infantil e neurofisiologia, Jacqueline Harding, revela os benefícios e efeitos positivos que as brincadeiras com crianças podem oferecer aos adultos.

Para o relatório “Playtime For Everyone” foram avaliados mais de 100 estudos sobre neurociência e psicologia comportamental com o objectivo de encontrar evidências sobre o potencial impacto que as interacções lúdicas entre adultos (pais, avós e cuidadores) e crianças em contexto de recreio.

As conclusões sugerem que o tempo de brincadeira pode reduzir os níveis de stress, aumentar o bem-estar e a resistência mental e mesmo ajudar a fortalecer o sistema imunológico. Um dos exemplos que a especialista Jacqueline Harding fornece é que a “gargalhada é o equivalente a uma corrida interna, na medida em que a primeira pode diminuir a pressão sanguínea e o stress, e impulsionar o sistema imunológico, tal como acontece na prática de exercícios moderados”.

Outro dos pontos referidos no relatório está relacionado com a libertação, no cérebro, da hormona cortisol em períodos de stress constante e a forma como os momentos de brincadeira entre adultos e crianças podem ser o “antídoto inteligente”. A pandemia Covid-19 está a sujeitar muitos adultos a elevados níveis de stress, assim como está a reduzir drasticamente a interacção entre crianças. Desta forma, a promoção diária de momentos de brincadeira entre adultos e crianças, no actual contexto, beneficia ambas as partes.

Jacqueline Harding esclarece: “Sabemos que este é um momento incrivelmente desafiante para os pais que estão a tentar coordenar agendas numa situação sem precedentes. Este relatório revela que o tempo de recreio pode ser um antídoto ao stress e trazer inúmeros benefícios para adultos e crianças. O meu conselho passa por pais e cuidadores continuarem a brincar com as crianças da maneira que mais gostarem, porque as vantagens podem durar a vida toda e são boas para ambas as partes”.

Céline Ricaud, Head of Marketing de Espanha e Portugal da Mattel, concorda e acrescenta: “Esta nova pesquisa reúne todos os aspectos positivos que podem ser obtidos através de actividades lúdicas para toda a família, o que é particularmente relevante na situação em que vivemos”.