Виктория Бородинова / Pixabay

Ocupar o tempo e a mente das crianças em isolamento social é um dos desafios que se colocam aos pais. Deixamos aqui algumas sugestões de brinquedos didácticos, comuns em todas as casas portuguesas, que não só estimulam a criatividade das crianças, como ajudam os pais a proporcionar momentos divertidos aos mais novos.

 Livros

Os livros são recomendáveis a todas as faixas etárias pelo papel crucial que desempenham no desenvolvimento da criança. Estimulam a criatividade, a imaginação, o pensamento abstracto e também a linguagem. Mesmo que a criança ainda não saiba ler, as ilustrações, texturas e sons vão ajudar no seu desenvolvimento.

Instrumentos musicais

A música oferece segurança e confiança às crianças de qualquer faixa etária, por isso este tipo de brinquedo é em tudo benéfico. Os instrumentos musicais permitem desenvolver a coordenação motora e a assimilar ritmos, além de incentivarem a criatividade e despertarem a sensibilidade da criança. Por outro lado, ensinam à criança uma forma de comunicação mais harmoniosa.

Brinquedos com texturas

São excelentes para os bebés, uma vez que estimulam a percepção visual, a audição e o tacto. As cores vivas que habitualmente apresentam conquistam a atenção do bebé, que não resiste a agarrar no brinquedo e a manipulá-lo. As texturas diferentes que têm permitem à criança experienciar sensações diferentes e aqueles que incluem espelho ajudam a criança a ter consciência do “eu”.

Jogos de tabuleiro

Aconselhável para crianças a partir da idade escolar, este tipo de jogos envolve raciocínio lógico das regras, pensamento estratégico das jogadas e concentração. São exactamente estas aptidões que visam desenvolver. Para motivar a criança, crie sessões regulares de jogos de tabuleiro, onde toda a família possa participar.

Jogos de construção

Estes jogos vão estimular a concentração e desenvolver o raciocínio, uma vez que permitem à criança fazer experiências através da dinâmica tentativa-erro, até os blocos encaixarem correctamente. Desenvolvem a motricidade fina e mostram à criança as suas capacidades. Têm ainda a vantagem de as crianças nunca se cansarem deste tipo de brinquedos.

Brinquedos de madeira

Logo à partida, são fabricados com menos produtos químicos e duram mais tempo, por isso conseguem resistir melhor às investidas dos mais pequenos. Pela sua ausência de tecnologia, obrigam a criança a explorar o brinquedo na sua totalidade e a desenvolver diversas interacções com o mesmo. Por essa razão, são uma excelente ferramenta para estimular a criatividade.

Puzzles

Construir um puzzle tem, desde logo, duas vantagens: existem modelos adaptados a cada faixa etária e é uma actividade que pode ser feita por toda a família. Este tipo de desafio estimula a atenção e memória visual das crianças.

Jogos de mímica

A expressão corporal é crucial no desenvolvimento da criança e nada melhor do que um brinquedo para o fazer. Jogos de mímica, dança e representação são uma excelente opção para estimular a expressão corporal da criança. São igualmente uma excelente actividade para fazer em família, já para não falar da diversão que proporcionam.