Hatice EROL / Pixabay

Vários especialistas internacionais estão a alertar os pais de bebés para o perigo de crianças de até dois anos usarem máscaras. Em declarações ao jornal britânico The Sun, vários médicos alertaram para o facto de este tipo de equipamento de protecção dificultar a respiração a crianças com menos de dois anos. Tal fica a dever-se às vias respiratórias das crianças serem consideravelmente mais pequenas.

Por esta razão, as recomendações dos especialistas seguem no sentido de os pais manterem os filhos afastados de locais públicos e com muitas pessoas, assim como seguirem religiosamente as boas práticas de higienização (lavagem frequente das mãos). O médico britânico Daniel Atkinson explicou ao referido jornal que “também há o risco de o bebé tentar remover a máscara e esta ficar entrelaçada e causar potenciais ferimentos”.

Para garantir a segurança dos bebés, os especialistas aconselham o distanciamento social e que todos os elementos do agregado familiar lavem bem as mãos antes de pegarem no bebé, salientando a importância de evitar tocar-lhes no rosto. Sendo absolutamente necessário sair de casa, é recomendável que o bebé siga no carrinho com um pequeno lençol ou fralda a servir como barreira com o meio exterior.

Até ao momento, as informações recolhidas mostram que a Covid-19 tem menos incidência em crianças e que estas registam sintomas mais ligeiros da doença. Ainda assim, os especialistas aconselham a que os pais estejam atentos aos seguintes sinais: febre, tosse seca, respiração acelerada, desidratação (não recorrer à casa de banho durante oito a 12 horas) ou apresentarem menos actividade e energia.